Desenvolvimento web com Ubuntu e software livre

Em quesito de desenvolvimento gráfico e de programação temos excelentes programas que atendem a necessidade da maioria sem custar nada. E o melhor é que, geralmente, o desenvolvimento desses programas é muito rápido, por terem comunidades ativas.

Na parte de edição gráfica temos dois grandes programas o Gimp e o Inkscape. O Gimp é um editor de imagens bitmap (estilo Photoshop) e o Inkscape de edição vetorial (estilo Corel Draw). E na parte de programação temos o Aptana.

Mas por que usar esses programas? A resposta é bem direta : não precisa pagar para usar, são atualizados com frequência e tem recursos que abrangem a necessidade da maioria dos usuários.

E esses programas são melhores que Photoshop, Corel e Dreamweaver? Essa eu responderia com outra pergunta : “Existem recursos que você usa nesses programas que não tem nos livres?”. Se a resposta for sim então permaneça com os pagos, caso contrário (que é a maioria) digo que são bons o bastante para te surpreender.

O Gimp está atualmente em sua versão 2.6 e até o final do ano passará para a 2.8 e com muitas mudanças e a mais esperada delas é a interface integrada, que, como o nome diz, deixa tudo em uma só janela. Esse recurso era esperado há um bom tempo pela comunidade.

O Inkscape foi recentemente atualizado para a versão 0.47. E com ela também trouxe muitos recursos de compatibilidade e muitas outras melhorias.

E o Aptana que está na versão 2.0. O diferencial desse programa é ter suporte à muitas linguagens como PHP, RubyOnRails, Python e Adobe Air. E ainda conta com assistentes de código, debuggers, gerenciador de projetos, suporte à FTP e mais um monte de recursos. Isso o torna o mais completo editor de código que já vi até hoje para o Linux.

Não se assuste com os números das versões (como do Inkscape 0.47), claro que com isso podemos pensar que esses programas são bem “imaturos”, mas é totalmente ao contrário, pois ao passar de uma versão para a outra com pequenos números como de 2.6 para 2.8, como o GIMP, ou até mesmo de 0.46 para 0.47, como o Inkscape, são implementadas muitas funcionalidades e as outras são bem atualizadas e essa imaturidade logo percebemos que não existe.

Um ponto interessante é que todos eles estão disponíveis para Linux, Windows e Mac OS.

E o Gimp e o Inkscape já vem instalados junto com o Ubuntu e o Aptana é só baixar no site oficial e executá-lo.

Para finalizar deixo aqui algumas apresentações do Eduardo Santos que mostram que o poder do artista não está na ferramenta e sim no conceito e na criatividade.

Anúncios

One thought on “Desenvolvimento web com Ubuntu e software livre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s