Como ter a interface do seu Gimp com tema escuro

Ter um tema escuro para a interface do seu software de edição de imagens é algo essencial na minha opinião, pois deixa o programa muito mais agradável aos olhos e te ajuda a focar nas cores e no conteúdo do que você está criando. Não é à toa que o Darktable, software de tratamento de fotos que mostramos aqui, tem uma interface bem “dark”. Da mesma maneira, em sua última versão do Photoshop, a Adobe finalmente ouviu aos usuários e trouxe a opção de se utilizar temas mais escuros para o famoso aplicativo.

Desde que comecei a usar o Gimp, sempre tive vontade de deixá-lo com uma interface escura, e de fato o fiz algumas vezes, mas para isso eu mudava a interface de todos os outros programas, utilizando um tema gtk escuro. Bom, felizmente, há uma maneira de aplicar um tema gtk unicamente para o Gimp. Assim como o pessoal do Gnome3 fez com o seu visualizador de imagens e vídeos no tema Adwaita, iremos permanecer utilizando um tema claro, mais adequado para os outros aplicativos, mas vamos deixar nosso Gimp com uma interface escura e agradável.

Como fazer:

Primeiramente, vamos baixar o tema desejado. Da mesma maneira como você procuraria por qualquer tema gtk para aplicar ao seu sistema, você pode pesquisar em sites como gnome-look e DeviantArt, desde que o tema seja GTK2 (o port do Gimp para GTK3 está sendo feito, mas ainda não está concluído). A questão é que existem alguns temas que aparentam ser completamente “dark”, mas utilizam alguns detalhes em claro, que podem vir a aparecer no seu Gimp. O tema The Dark Side of Ambiance, por exemplo, que foi minha primeira opção, e pareceu OK ao se aplicado. Mas ao reiniciar o Gimp, as janelas laterais todas estavam brancas, enquanto o resto estava escuro. Isso ocorreu com uma série de temas que pesquisei, até finalmente encontrar o que ficava ideal:

Baixe aqui o tema Vorta, em arquivo zip.

Ao concluir o download, extraia o arquivo.

Entre na pasta extraída e entre nas seguintes até encontrar uma pasta com o nome gtk-2.0:


Apenas para facilitar pra você mais tarde, renomeie esta pasta com o nome Vorta, ou “Dark-Gimp” se quiser.

Agora, devemos jogar esta pasta na pasta de temas do Gimp. De fato, existe a pasta “/.gimp-2.8/themes” dentro de sua pasta pessoal, basta clicar CTRL+H dentro do seu navegador de arquivos em sua pasta pessoal, que você verá uma série de pastas começando com um “.” no nome. Estas são pastas “ocultas”. Cole a pasta que você renomeou lá dentro:

Pronto! Agora abra seu Gimp (caso o tenha aberto antes, feche e abra novamente). Devemos ir para o menu Editar —> Preferências:

E na caixa de Preferências, procurar pela aba Tema. Lá você verá uma lista dos temas atualmente instalados no seu Gimp. Se tudo ocorreu certo, seu tema novo estará lá, basta selecionar e clicar em OK!

Eis o resultado:

Bem melhor não? Você também pode mudar a cor da imagem fundo da sua área de desenho, para deixá-la ainda mais escura. Eis como:

Ainda na caixa de Preferências, vá em Janelas de Imagem e depois em Aparência. Lá haverá um campo chamado “Modo de Preenchimento da Tela”. Mude o valor dele para Cor Personalizada e escolha qual você quer. Lembre-se de fazer o mesmo para o Modo Normal e Modo Tela Cheia.

Então, gostou? Se você encontrou outros temas escuros que combinam com a interface dele, não deixe de comentar aqui com a gente! 😀

Para os mais experts:

OBS1: Porque copiar a pasta gtk-2.0 inteira ao invés de simplesmente copiar o gtkrc? Bom, poderíamos fazer isso, mas alguns temas fazem referência em seu gtkrc à outros arquivos e imagens, o que faria com o que o tema não funcionasse. Portanto depende do tema escolhido.

OBS2: Posso aplicar o tema na minha pasta de admin do Gimp? Pode sim, a themes dele está em um caminho um pouquinho mais longo… /usr/share/gimp/2.0/themes. Com um simples “sudo nautilus” você poderá chegar até lá e colar sua pasta de tema.

OBS3: Tem algum tema pra Gimp com os ícones das ferramentas monocromáticos (photoshop-like?). Sim, tem 2. Um, não consegui fazer funcionar, o outro é esse aqui. Consegui instalar eles e inclusive modificá-los pra utilizar a versão branca com o tema do tutorial de fundo… mas honestamente, os ícones tão mal-feitos e o resultado final não me agradou. Mas a boa notícia é que essa questão pode ser resolvida em breve. Segundo este post, essa designer, que trabalha pro time do Gnome está fazendo ícones simbólicos para o Inkscape e futuramente para o Gimp. Já são mais de 300 ícones feitos. Ficamos no aguardo deles e do bendito port para GTK3! Ambos são essenciais para termos um Gimp mais usual e bonito. Por hora, estou satisfeito com isso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s